Depois de quatro meses de angústia, a mãe do pequeno Thalisson Henrique da Silva, de um ano, pôde enfim levá-lo para casa na manhã desta quarta-feira, 23. A criança estava internada na enfermaria pediátrica do Hospital Municipal de Aparecida – Íris Rezende Machado (HMAP), unidade gerida pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), para tratamento de uma pneumonia.

A equipe assistencial da unidade preparou uma alta humanizada com cartaz, balões e se posicionou em um corredor para aplaudir o bebê. Os profissionais de saúde e a mãe do menino, Tatiane da Silva Albino, vivenciaram um momento de emoção, que marcou o retorno da criança para a casa.

A enfermeira Pryscilla Rebouças conta que, durante o período de internação, a criança também passou pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi intubado. “O Thalisson chegou na unidade para tratamento de uma pneumonia com possível broncoaspiração, no dia 3 de novembro de 2021, e apresentava crises convulsivas de difícil controle, um quadro neurológico não identificado’, explica.

A profissional revela que a criança é a prova de que milagres acontecem. “Ele passou por muitas tribulações, mas lutou bravamente como um guerreiro para sobreviver. Ver ele ir para casa é motivo de alegria e gratidão, pois muitas vezes achávamos que ele não conseguiria. Agora, ele tem uma nova batalha com o tratamento em casa”, destaca Pryscilla.

Emocionada e com os olhos marejados, a mãe da criança agradeceu a equipe. “Eu entrei aqui no HMAP sem esperança, mas meu filho foi guerreiro e conseguiu. Toda equipe se dedicou a cuidar do Thalisson. Tenho certeza que cada um aqui fez o melhor para salvar a vida dele. Hoje, para a honra e glória do Senhor, levo meu filho vitorioso para casa. Agradeço a Deus e a todos os profissionais do HMAP”, disse Tatiane.

Suportescreen tag
Skip to content