O Centro de Atendimento Clínico Covid-19 Zona Sul de Macapá realizou na última segunda-feira, 5 de julho, mais uma alta humanizada. A paciente Almerinda Ramos Farias, que ficou seis dias internada na unidade, foi curada da doença e voltou para casa, para o aconchego da família.

‘Minga’, como gosta de ser chamada, chegou à unidade debilitada, com complicações da doença. Com problemas respiratórios, utilizava cateter nasal 03l/mim de oxigênio, sempre sob observação por seu quadro clínico. Após tratamento realizado de maneira correta, com cronograma de medicações e atendimento multiprofissional, a paciente teve alta hospitalar.

Antes de deixar o hospital, Minga passou pelo corredor da vida e foi aplaudida pelos profissionais da unidade. “Quero agradecer primeiramente a Deus por devolver minha saúde, me devolver ao meu âmbito familiar, por ter me proporcionado a vida. Agradeço a todos os médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, assistentes sociais, psicólogos, pessoal da limpeza e todos os outros, pelo atendimento, pelo cuidado humanizado, agradeço muito, muito a vocês”, disse a paciente.

Para a equipe, cada alta deve ser comemorada. “Hoje trabalhar na recuperação dos pacientes com Covid-19 é um grande desafio para mim. Na graça de Deus em minha vida, e que tudo que estudei e aprimorei valeu a pena. A alta da paciente Almerinda é uma graça de Deus para toda a equipe e, em especial para a fisioterapia respiratória”, afirmou a fisioterapeuta Aias Pinheiro.

Suportescreen tag
Skip to content