A Comissão de Humanização do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) entregou para a equipe de psicologia na tarde desta segunda-feira, 18, ‘kits’ com passatempo do bem. A ação, rotina na unidade, visa diminuir a ociosidade que o período de internação tem causado aos pacientes devido à restrição de visitas e acompanhantes

O material é composto por giz de cera, desenhos para colorir, caça-palavras jogo de raciocínio, palavras-cruzadas, jogos sete erros e um espaço para o paciente escrever sobre seus passatempos e pensamentos. O intuito é entreter os pacientes e diminuir os efeitos negativos da hospitalização.

Para o coordenador de humanização do HMAP, Renan Mamedes, a iniciativa proporciona aos pacientes mais qualidade durante a internação. “Com os ‘kits’ oferecemos aos pacientes um material lúdico de uso individual que melhora a ansiedade e inquietação”, explica.

Para cumprir as exigências estabelecidas no período pandêmico, todo o material foi higienizado antes de serem colocados em embalagens individuais. No ato da entrega, todos os ‘kits’ também passam por processo de sanitização. Quando o paciente recebe alta, todo o material é recolhido e descartado para evitar contaminação.

Suportescreen tag
Skip to content