A equipe de fonoaudiologia do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP) recebeu na última sexta-feira, 15, um treinamento sobre aspiração traqueal no auditório da unidade. A capacitação foi conduzida pela fisioterapeuta Gilka Matos Rock e pelas equipes de fisioterapia e enfermagem assistencial da unidade de saúde.

A ação foi idealizada pelas coordenadoras Pricilla Santoro Ribas (HMAP) e  Maria Evanice Medeiros (CSMED). Com aula teórica e prática, o treinamento capacitou a equipe para realizar aspiração traqueal e de vias aéreas, e assim otimizar a atuação em pacientes críticos nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

De acordo com Pricilla, o procedimento, corriqueiro em ambiente hospitalar, se trata da retirada de secreção das vias aéreas do paciente crítico, em estado de sedação, intubado ou traqueostomizado (com tubos de respiração).  “Esse procedimento é crucial para manutenção da vida, por isso, precisamos que toda equipe multiprofissional domine o processo”, explica.

Para a gestora, o cuidado ininterrupto e capacitado evita problemas futuros. “O profissional precisa realizar a aspiração corretamente, pois muitos pacientes não conseguem eliminar a secreção por estarem sedados ou por falta de força muscular para expelir as secreções. Por isso a importância do treinamento, pois permite que o profissional execute a rotina de aspiração de vias aéreas, prestando uma assistência mais segura e capacitada aos pacientes do HMAP”, conclui.

Suportescreen tag
Skip to content