Não importa se é homem, mulher, adulto ou criança, as drogas são um perigo real que pode afetar a todos. Pensando nisso, o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), em parceria com o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD), promoveu na sala de espera e na brinquedoteca do Hospital Municipal de Araguaína (HMA) e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) uma palestra educativa sobre o perigo de substâncias entorpecentes.

Embora o Dia Mundial de Combate as Drogas seja o 26 de junho, não existe data para enfrentar esse perigo que afeta as famílias de maneira tão destrutiva e profunda. Segundo a pedagoga do CAPS AD, Ana Cristina Araújo, a intenção da palestra, além de relatar sobre os malefícios das drogas, foi o de apresentar os serviços oferecidos pelo CAPS.

“Estamos preparados para acolher qualquer pessoa que esteja realmente interessada em se livrar do vício. São vários profissionais envolvidos dando condições físicas e psicológicas para que o caminho longe das drogas seja percorrido”, destacou a pedagoga.

A mãe do pequeno Marcos Henrique, Vadelisa Sobral de Almeida, aprovou a ação na brinquedoteca do hospital. “É muito importante que nossos filhos saibam desde cedo sobre o perigo das drogas. Eu não escondo nada deles, mostro os programas que falam do vício para que eles saibam o resultado se resolverem entrar”, confidenciou a mãe.

IBGH - HMA e UPA recebem palestra educativa sobre o perigo das drogas

O CAPS

O CAPS é um serviço comunitário e municipal de saúde do SUS que promove o tratamento de pessoas que sofrem com vício, transtornos mentais, neuroses graves e psicoses. O paciente permanece voluntariamente no CAPS, não sendo de caráter obrigatório a sua permanência no local.

Suportescreen tag
Skip to content