A Maternidade da Zona Norte de Macapá se transforma em Centro Covid-19 Zona Norte sob a gestão do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH) e tem inauguração prevista para até o final de abril de 2021.

O Governador Waldez Góes visitou na manhã de hoje, 13 de abril, as instalações da Maternidade da Zona Norte de Macapá, que está passando por uma adaptação estrutural e assistencial para receber, exclusivamente, casos confirmados do novo coronavírus, e que tem a inauguração prevista para até o final de abril de 2021, com o nome de Centro Covid-19 Zona Norte.

Diante do cenário do aumento de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Amapá, o governo identificou a necessidade dessa reestruturação e acionou o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), associação sem fins lucrativos, qualificado como Organização Social de Saúde (OSS), para gerenciar a unidade e manter o pleno funcionamento com o abastecimento de medicamentos, contratação de pessoal, implantação de leitos e demais responsabilidades atribuídas.

Estiveram presentes além do governador, o Secretário de Adjunto de Planejamento e Gestão da Secretaria do Estado da Saúde do Amapá e da Prefeitura (SESA), Luciano Casali, o Secretário de Saúde do Amapá, Juan Mendes, o Senador Federal, David Alcolumbre, e o Diretor Interino do centro, Rodrigo Lima.

“Nós já conseguimos diminuir a espera na fila para ocupação de leitos de UTI e leitos clínicos na região, e mesmo com esse trabalho sendo feito, hoje, 13 de abril, 8 pacientes ainda estão nessa posição, aguardando internação através da regulação. Após a adoção dessa parceria de coordenação de um projeto que pode ajudar tantas pessoas, idealizada pelo Governo do Amapá junto ao Senador David, além do IBGH, temos condição de atender 100% desse processo de regulação e conseguir uma folga na ocupação dos leitos”. Ressalta o governador Waldez Góes.

Na ocasião foram apresentados 15 leitos de UTI completos, já implantados, com todos os equipamentos e aparelhos necessários por unidade, além da apresentação da equipe multidisciplinar já contratada para atuar com essa quantidade de leitos. Os mesmos estão previstos para funcionarem em breve. A unidade aguarda a finalização do processo de contratação de uma equipe técnica especializada em Tecnologia da Informação – para atuar na execução de recursos de T.I (hadwares e softwares) -, a finalização do treinamento da equipe multidisciplinar e a chegada de insumos para que aconteça o pleno funcionamento.

Skip to content