Foi celebrado no dia 2 de dezembro o Dia Pan-americano da Saúde. A data foi  instituída pelo Decreto n.º 8.229, cujo objetivo era mobilizar o continente em torno de campanhas de educação e prevenção, buscando qualidade de vida e bem-estar para os indivíduos.

O Centro de Atendimento Clínico Covid-19 Zona Sul realizou nos dias 2 e 3 de dezembro palestras de mobilização para o público interno do hospital. Os Enfermeiros Gustavo de Carvalho Lima e Fernanda Almeida da Cruz foram os palestrantes e conscientizaram sobre os principais cuidados necessários para prevenir doenças que são típicas da região.

Muitas conquistas foram alcançadas. Uma delas, no Brasil, é a erradicação da poliomielite (a paralisia infantil), que ocorreu depois de uma extensiva campanha de vacinação. Além disso, há ainda extensa campanha de controle regular das vacinas, boa alimentação e prática de esportes.

Os palestrantes enfatizaram que saúde significa ter o corpo, a mente e a vida social, saudáveis. Porém, há outros fatores envolvidos no contexto, como, bem-estar e qualidade de vida, que têm em comum a busca por corpo e mente sadios. “Para ter uma vida mais saudável, com qualidade e bem-estar é necessário alimentar-se de maneira saudável; não fumar; evitar café e bebidas alcoólicas em excesso; não dirigir após ingerir bebida alcoólica; dormir 8 horas diárias; fazer atividades esportivas e de lazer regularmente; administrar o seu tempo realizando uma atividade de cada vez; cultivar o bom humor”, destacaram.

No final das palestras, foram realizadas dinâmicas, roda de conversa e a entrega de certificados para os palestrantes.

Skip to content