Homenagem aconteceu na tarde desta terça-feira, dia 4 de abril.

Para levar ânimo aos os pacientes, familiares e também para a equipe de profissionais de saúde do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia, o músico Wneveri Johnson, usou o violino como recurso, alegrando e emocionando todos que assistiram. O violinista voluntário percorreu os corredores do hospital, claro, respeitando o distanciamento social, para tocar violino para os presentes.

Segundo a psicóloga da enfermaria Covid-19, Alana Feitosa, a música como terapia é uma forma de cuidado com o paciente. “A ação humanizada é muito importante para os pacientes e para os profissionais. A música é um ótimo recurso para amenizar ansiedade, trazer alegria, conforto, aconchego, e acalento neste momento tão difícil, seja para os pacientes acordados ou não, trazer esse momento de amor para eles é extremamente importante. É uma forma de amenizar o sofrimento trazido pela internação, pelo desgaste físico e emocional, desligar-se do ambiente “preto e branco” e deixá-lo ser colorido ainda que por um instante, é fazer florir e cultivar carinho em cada pessoa, seja ela paciente ou profissional. É trazer o sentimento de ser “ser humano” e se sentir querido e cuidado em todos os aspectos.”

Wneveri Johnson toca há mais de 10 anos, e desempenha um trabalho como docente, musicista de câmara e solista. Ele se voluntariou para tocar no HMAP, pois crê que, com a ação, ele pode levar um pouco de carinho e amor através das notas do violino.

Skip to content